O futuro do mercado imobiliário com a Realidade Virtual (VR)

O futuro do Mercado Imobiliário com a Realidade Virtual

Cada vez mais, a Realidade Virtual ganha destaque no mercado imobiliário.

A busca por soluções imersivas e plataformas para criação de Tours Virtuais 360 aumentam de forma significativa.

A situação referente a pandemia do Covid-19 só fez acelerar esse movimento que eu comentava aqui desde 2015.

Antes, havia muita intenção, mas pouca vontade de mudar.

De repente, além de inevitável, a mudança se tornou necessária.

Agora, construtoras, imobiliárias e corretores de imóveis buscam soluções para uso imediato, a curto prazo.

As obrigações impostas pela situação sanitária do momento contribuíram para a aceleração deste processo.

Contudo, o fato é que essa mudança já era necessária e demandada pelos clientes antes mesmo da pandemia.

Porém, o Mercado Imobiliário parecia não acreditar ou aceitar que precisava agir de forma diferente.

Eu ouvi muitas declarações como: “isso não funciona na nossa região“,”meu público é diferente”, “os clientes querem visitar os imóveis pessoalmente“, ou ainda “temos que trazer o cliente aqui para o escritório“.

Essas afirmações não são verdadeiras hoje. Entretanto, também não eram verdadeiras antes mesmo da pandemia.

As inovações no Mercado Imobiliário já estavam disponíveis e as pessoas queriam ter acesso à essas novidades.

O que a pandemia fez, foi apenas “remover o glaucoma” dos olhos do Mercado Imobiliário.

Agora, parece que estão enxergando de forma mais clara.

O fim dos métodos antigos

Estamos todos conectadas. Hoje, a forma mais simples e eficaz de impactar as pessoas é através do digital.

É claro que o papel do corretor de imóveis e os materiais físicos ainda se fazem necessários.

Porém, o processo como um todo não pode mais ser pautado com foco no analógico.

Conteúdos virtuais e digitais podem facilmente substituir imóveis decorados físicos, maquetes e folders em papel.

A Realidade Virtual ajuda os clientes a fazerem melhores escolhas e substituem as inúmeras visitas presenciais desnecessárias.

É claro que, para cada tecnologia que surge, há sempre um período de transição para que o mercado absorva a novidade.

Contudo, neste caso, os clientes já estão preparados para a mudança! Afinal, tudo a nossa volta já é digital.

As pessoas estão acostumadas a acessar serviços de forma digital, seja via aplicativo ou portal web.

É TV a cabo, internet, alimentação, transporte, carro, bike, patinete, coleta e entrega, bancos, pagamentos, compra, venda…

Nos grandes centros, tudo o que você imaginar pode ser acessado de forma digital.

E essa transformação também está chegando em regiões mais distantes das metrópoles.

Ou seja, as tecnologias estão cada vez mais acessíveis ao maior número de pessoas.

Quem parece não estar preparado para essa mudança são as empresas e profissionais do Mercado Imobiliário.

E vou além! Os envolvidos no Mercado Imobiliário ainda possuem uma falsa percepção.

Eles realmente acreditam que são os clientes que não aceitam ou acompanham as mudanças.

Mas, a realidade é outra!

A maior barreira na adoção de novas tecnologias, novos métodos e processos está dentro do próprio Mercado Imobiliário.

O Mercado Imobiliário é enorme e pode ser dividido em vários setores. E em todos há ainda muito a ser feito.

Porém, não sou especialista em todas as tecnologias desenvolvidas para esses subsetores do mercado.

Posso falar com propriedade de uma: Realidade Virtual, que é onde se enquadra também os Tours Virtuais 360.

Tenho dedicado todo meu tempo e esforço nessa tecnologia desde 2013.

Vou falar um pouco de como a Realidade Virtual pode ser usada dentro do Mercado Imobiliário.

VR para imóveis usados

Infelizmente, não tive boas experiências com o anúncio de venda de imóveis usados.

Nunca encontrei uma imobiliária ou corretor que, de fato, fizesse um trabalho de venda sobre os meus imóveis.

Foram captadas fotos (muito ruins, por sinal), criado um anúncio no site e somente isso.

Sem julgamentos, mas o foco maior da área comercial está sempre na venda dos imóveis novos.

É mais fácil vender um imóvel novo do que um imóvel usado. Imóvel novo é como pãozinho quente na padaria.

Logo, os imóveis usados são deixados de lado pela área comercial. O melhor negócio para eles acaba sendo a locação.

Ok. Entendo que há barreiras na venda de um imóvel usado: idade da construção, sinais de uso, necessidade de reforma, etc.

São pequenas coisas que, quando somadas, podem dificultar a venda. É muito esforço para um retorno não tão interessante.

Então, por que não trabalhar a venda desse tipo de imóvel de forma mais inteligente?

Como anunciar imóveis usados

Os imóveis usados precisam ser apresentados de forma mais detalhada no anúncio.

Boas fotos, identificação dos sinais de uso, necessidade de reformas, localização exata…

E, principalmente, um Tour Virtual 360 de todo o imóvel.

Seja para a venda ou locação, o uso de Tours Virtuais 360 permite que o cliente veja os detalhes do imóvel sem precisar sair de casa.

Grande parte do mercado não conhece esse recurso. Outra parte não acredita nele. E os poucos quem usam, poderiam fazer melhor.

Todos os detalhes que o corretor mostraria na visita presencial podem ser inseridos em um Tour Virtual 360.

Um Tour Virtual não é apenas um organizador Fotografias 360. Ele é um conteúdo rico que deve ser utilizado como uma ferramenta comercial.

Além do conteúdo visual (fotos), você pode inserir áudios explicando os cômodos, os acabamentos e os diferenciais do imóvel.

Com tudo isso, imagine a quantidade de visitas desnecessárias que você e os seus clientes vão deixar de fazer.

Imóveis abertos 24h por dia

Esse é outro ponto a destacar quanto ao uso dos Tours Virtuais 360.

Quanto esforço é empregado pelo corretor para realizar uma visita? Agenda com o cliente, com o proprietário, com inquilino, reserva as chaves…

Depois, em cima da hora, o cliente cancela. Ou, confirma a visita e não aparece. Você já passou por isso?

De todas as visitas presenciais, quantas acabam sendo à toa? E quantas realmente foram decisivas no fechamento?

Não parece sem sentido todo esse gasto de tempo e dinheiro em esforços desnecessários?

Por que insistir na visita presencial, quando é possível dar ao cliente a possibilidade de uma visita virtual online?

Acredite, o uso de Tours Virtuais permite transmitir uma sensação de presença no imóvel como se fosse pessoalmente.

Nos dias atuais e nas condições atuais, a venda de imóveis não pode ficar restrita a locais físicos e agendas pessoais.

Um cliente não precisa visitar pessoalmente os imóveis junto com os corretores.

Por exemplo:

Se o cliente mora longe do litoral, mas deseja um imóvel na praia, esse imóvel precisa estar disponível para visita de forma online.

O uso de Tours Virtuais 360 permite que todos os imóveis do portfólio estejam disponíveis para visitas 24h por dia, independente do local físico.

VR para imóveis novos

Os queridinhos das imobiliárias e corretores. Imóveis novos, na planta e com os custos de mídia bancados pelas Construtoras.

Ter um portfólio com bons produtos novos ajudam na venda.

Espaço privativo, planta, localização e credibilidade da construtora são itens avaliados pelos clientes.

Contudo, o processo de venda de imóveis novos ainda deixa a desejar no quesito experiência.

Algumas construtoras criam imóveis decorados físicos para tentar ganhar o cliente pela emoção.

Porém, eles são extremamente caros e não permitem mobilidade. Se restringem ao local onde estão construídos.

E assim voltamos ao mesmo dilema dos imóveis usados: faz sentido forçar o cliente a visitar o imóvel fisicamente?

Para imóveis novos, uma boa estratégia de internet e uma experiência de venda diferente faz muito mais sentido nos dias atuais.

Decorados físicos são uma extravagância e um desperdício de recursos e espaço! Nos dias hoje, se fazem cada vez menos necessários.

O mais viável e inteligente é o investimento em visualizações virtuais desse imóvel.

Permitir que a experiência de visitar o imóvel decorado possa ser online, mobile, sem restrições geográficas.

Nós fizemos isso para um cliente em Joinville-SC. Vários decorados virtuais foram levados para dentro da feira. Veja o depoimento.

Seria impossível levar os decorados físicos para dentro de uma feira. Porém, de forma virtual isso é feito de forma muito simples.

Locais com grande fluxo de pessoas

Seguindo nessa mesma ideia de feiras, eventos, shopping center e outras ações externas.

Esses eventos atraem o cliente quando ele tem a oportunidade de visitar o imóvel ali mesmo, naquele momento! 

Não há limite físico ou restrição geográfica quando se usa a Realidade Virtual para apresentar imóveis.

Pense o seguinte…

Por que forçar o cliente a ir até um decorado físico, quando é possível lavar um decorado virtual até o cliente?

E vou além! Por que ter uma única opção de decorado físico, quando é possível oferecer várias opções de decorados virtuais?

Se visitar o imóvel decorado faz diferença na venda, se esse é o verdadeiro diferencial, por que não permitir que o cliente visite o decorado a partir de qualquer lugar? 

Por que não levar o imóvel decorado virtual diretamente nos locais onde o cliente está?

Já existem várias formas de disponibilizar esse tipo de experiência em feiras e eventos.

Há recursos de Realidade Virtual extremamente interativos, com a experiência de estar dentro de um jogo.

Há outros com menor interação, mas com uma sensação realística de presença física dentro do imóvel decorado virtual.

Baseado na minha experiência, o simples fato de colocar o cliente dentro do imóvel virtual já faz total diferença.

Experiência online

Na minha humilde opinião, só esse item já faz valer o uso de Tours Virtuais 360: oferecer a visita dos imóveis de forma online.

Comentei acima sobre o quanto isso reduz o número de visitas desnecessárias em imóveis usados.

Agora, em imóveis novos, é a melhor maneira de uma construtora apresentar seus lançamentos.

Não falo apenas de mostrar o imóvel virtual em 360. A ideia é apresentar de forma interativa tudo o que há de mais importante.

O Tour Virtual é um conteúdo rico e, além do Ambientes 360 é possível inserir muitas outras informações.

Imagens planas, plantas baixas, textos informativos, áudios, localização exata, informações de contato, etc.

Tudo isso é possível inserir em um Tour Virtual 360. Ele não é apenas uma apresentação, é uma ferramenta de venda.

O cliente terá uma visão estilo Google Street View de todo o imóvel e áreas de lazer (e com todos os outros conteúdos informativos).

Imagine oferecer esse recurso onde o cliente realmente se sinta na sacada desfrutando da vista para o mar.

É claro que estou apenas ilustrando um cenário, mas acredito que você já pegou a ideia.

Tudo isso é possível oferecer ao cliente de forma online. Sem que ele precise ir até você.

Esse tipo de conteúdo irá captar a atenção do cliente, despertar seu interesse e fazer com que ele venha até você de forma espontânea.

É aquela velha máxima de não vender para o cliente. Mas sim, fazer com que o cliente compre de você.

O velho e o novo

Os velhos modelos de venda ainda irão existir por mais alguns anos (talvez mais uma década). 

Mas, já podemos ver as mudanças nos modelos, processos e softwares usados por construtoras e imobiliárias.

Assim como outras ferramentas, a Realidade Virtual é uma das soluções que já estão coexistindo em paralelo aos antigos modelos.

Nos próximos anos veremos uma grande migração das soluções convencionais para os novas soluções.

Cada vez mais o conceito físico será substituído pelo virtual, esse é um caminho sem volta.

Os próximos anos

Promover a experiência de compra e venda é algo cada vez mais determinante.

A experiência é um decisor para a concretização de um negócio. Experiências positivas geram novos negócios.

Os folders impressos já estão sendo substituídos por versões digitais em sites ou aplicativos para smartphone ou tablets.

Os clientes querem ter a comodidade de ver e rever cada detalhe do empreendimento em casa, no seu próprio dispositivo, de forma interativa.

As visitas presencias estão sendo substituídas por visitas virtuais (quase que em sua totalidade).

Tours Virtuais 360 e Realidade Virtual deixam o processo mais confortável aos clientes e menos oneroso aos corretores.

Custa caro criar variações de layouts e decoração de imóveis usando modelos físicos (sem contar a necessidade de espaço físico).

Contudo, é totalmente viável quando pensamos em imóveis decorados virtuais. A Realidade Virtual nos provê isso.

Um mesmo produto sendo apresentado para diferentes públicos: casal sem filhos, com filhos, com pet, solteiros, idosos, etc.

Para finalizar…

O mercado imobiliário será totalmente diferente em poucos anos, ele será reinventado. Você tem dúvidas disso?

A conexão com a internet e a mobilidade mudaram o comportamento de consumo das pessoas. 

O mercado imobiliário terá que mudar para se adequar a esse novo comportamento.

Quem não fizer, não terá condições de se sustentar nesse mercado.

Espero ter contribuído com esse post.

Abraço!

Maicon Klug
contato@imersiovr.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.