Como o Mercado Imobiliário está vendendo e locando pela internet

Como o mercado imobiliário está vendendo e locando pela internet

Pare um minuto e pense em tudo o que você pode fazer a partir do seu celular.

Há várias plataformas online e aplicativos que lhe permitem comprar produtos e contratar serviços.

De forma simplificada, você compra, vende, aluga, assina, pede ou solicita a entrega de praticamente qualquer coisa.

Deliverys de restaurante, supermercado e farmácias. Motoristas por aplicativos, locação de carros, bicicletas e patinetes.

Beleza e saúde. Limpeza, lavanderia e petshop. Orçamentos, cotações e transporte.

Lojas online, marketplaces, programas de ponto, cartões de crédito e bancos digitais.

Praticamente tudo em nossa volta está acessível online, simplificado e desburocratizado.

Diante disso, se vivemos em um mundo cada vez mais digital, não há mais motivos para o Mercado Imobiliário ainda ser tão analógico.

Longe de mim querer aqui ditar regras ou te dizer o que é certo ou errado. Ou o que você deve ou não fazer.

Mas a verdade é que, se você ainda pensa o mercado imobiliário de forma analógica, ele será ainda mais implacável com você.

Muitos outros mercados já possuem uma perna no digital ou estão preparando uma transição.

Seria muita inocência nossa acreditar que isso não acontecerá no Mercado Imobiliário.

As pessoas estão acostumadas com o digital, elas querem o digital e o mercado precisa oferecer o digital.

Mercado Imobiliário digital

O Mercado Imobiliário pode ser dividido em outros pequenos submercados. Cada qual com suas particularidades e necessidades.

Startups de base tecnológica estão desenvolvendo soluções para atender esses pequenos segmentos dentro do Mercado Imobiliário.

Essas soluções trazem inovação e resolvem dores que são latentes dentro do mercado imobiliário.

O número de Startups ainda não é expressivo ao ponto de atender todo o mercado. Porém, esse ecossistema de empresas cresce rapidamente.

E um fato interessante quanto essas novas empresas é a origem dos seus fundadores.

Muitos deles nunca trabalharam no mercado imobiliário anteriormente. Eles são outsiders no setor.

Isso significa que grande parte de inovação está sendo trazida de fora do mercado para dentro.

As novas empresas pensam fora da caixa e desenvolvem tecnologias que inovam e melhoram o mercado imobiliário.

Já as empresas que estão no mercado imobiliário há anos possuem maior dificuldade em inovar.

O futuro do mercado imobiliário com a Realidade Virtual (VR)
O futuro do mercado imobiliário com a Realidade Virtual (VR)

Exemplos de inovação

Esse movimento de Startups no mercado imobiliário é mundial, está acontecendo em vários países.

Cada país possui o seu próprio ecossistema. Tanto lá, quanto aqui no Brasil, essas empresas são chamadas de Construtechs e Proptechs.

Ao todo, no momento em que escrevo este artigo, o ecossistema no Brasil conta com mais de 570 Startups Construtech e Proptech.

Temos vários cases de sucesso desse ecossistema brasileiro.

Posso citar empresas como a QuintoAndar, Loft, RedeVistorias, CredPago, EmCasa, Urbe.Me e AugIn.

Modelos comerciais disruptivos

O legal das inovações no mercado imobiliário é que elas vão derrubando um a um os vários paradigmas enraizados no setor.

Vou citar alguns exemplos que mostram como é possível mudar as regras do mercado, tornando elas melhores e mais simples.

QuintoAndar

A QuintoAndar começou desenvolvendo um modelo de locação que acabou com a necessidade de um fiador no processo.

Hoje, toda a plataforma online da QuintoAndar oferece ao cliente final uma experiência superior a qualquer outro concorrente.

Começando pela busca, agendamento de visita, envio de documentos, assinatura de contrato e gestão do locador e locatário.

Todo o processo é simples, sem entraves e com uma burocracia mínima.

Hoje, outras imobiliárias também oferecem opções sem a necessidade de um fiador.

Contudo, elas demoram para fazer isso. E, nesse tempo, o modelo de negócio da QuintoAndar foi aprendendo e evoluindo.

Enquanto algumas imobiliárias se apegaram somente ao fiador, a QuintoAndar já estava nadando de braçada e mudando o mercado.

URBE.ME

De um lado, há várias construtoras necessitando de capital para desenvolver seus projetos e realizar as obras.

De outro lado, há várias pessoas com pequeno capital e interesse em investir em negócios com rendimentos melhores que as aplicações oferecidas pelos bancos.

Desta forma, ela criou um tipo de plataforma para levantamentos de fundos.

A incorporadora cadastra na plataforma o projeto, seus detalhes técnicos, comerciais e a rentabilidade esperada.

A plataforma oferta a oportunidade para sua rede de investidores e realiza a captação individual de cada projeto.

Ao final, a incorporadora levanta rapidamente o capital necessário para a obra e os investidores conseguem alocar seus recursos em um investimento com melhor retorno.

Housi

A Housi é uma Startup que surgiu dentro da incorporadora Vitacon, que por si só, já é outro exemplo de inovação no mercado imobiliário.

Ela traz um conceito inovador para o mercado imobiliário. A ideia da Housi é transformar a moradia em um serviço que pode ser consumido facilmente.

Um dos benefícios desse modelo é a remoção de todos os ônus de uma mudança, como o cancelamento e/ou contratação de serviços de energia, gás, água, internet e TV a Cabo.

Ela é também uma opção para investidores. A Housi é um Fundo Imobiliário (FII) listado na Bolsa de Valores e suas ações podem ser negociadas pelo código HOSI11.

Stein Empreendimentos

A Stein é um construtora e incorporadora com sede em Blumenau-SC. Ela é uma empresa tradicional da região.

Porém, ela resolveu inovar a forma de comercializar um de seus empreendimentos, o Cosmopolitan 605.

Através do site é possível visualizar as plantas das unidades, a disposição delas no prédio, fazer um tour virtual em 360 graus e ter acesso ao preço de cada um dos apartamentos.

Ainda no site você pode selecionar uma unidade, escolher as parcelas de pagamento, os reforços e realizar a reserva passando o “sinal” no cartão de crédito.

Com a reserva realizada, você encaminha os documentos para avaliação de crédito. Com tudo aprovado, você só precisa ir até a construtora para assinar o contrato.

Processo simples, prático, sem burocracias. Uma ótima experiência de compra para o cliente final.

O futuro do mercado imobiliário com a Realidade Virtual (VR)
O futuro do mercado imobiliário com a Realidade Virtual (VR)

Vou ficando por aqui…

Espero ter contribuído com esse conteúdo!

Abraço!

Maicon Klug
contato@imersiovr.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.